Notícias

Cidadania

CGU avança em Programa de Educação Cidadã para escolas públicas e privadas

publicado: 11/04/2019 14h11, última modificação: 20/05/2019 12h56
Iniciativa visa estender o Programa Um Por Todos aos alunos do 1º ao 5º ano com a produção de material da Turma da Mônica em meio físico e digital
CGU avança em Programa de Educação Cidadã para escolas públicas e privadas

Nesses 100 primeiros dias de governo em 2019, algumas revistinhas, que abordam o tema, já foram disponibilizadas no Portal Educação Cidadã

Em parceria com o Ministério da Educação (MEC), Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e o Instituto Mauricio de Sousa, a Controladoria-Geral da União (CGU) atualizou e adaptou todo o conteúdo do Programa Um Por Todos e Todos Por Um! Pela Ética e Cidadania para uma versão digital e interativa. O objetivo é permitir o acesso ao kit do material da Turma da Mônica, que traz assuntos sobre ética e cidadania, a todos os alunos do Ensino Fundamental nas escolas públicas e privadas, do 1º ao 5º ano. Nesses 100 primeiros dias de governo em 2019, algumas revistinhas, que abordam o tema, já foram disponibilizadas no Portal Educação Cidadã. Nele, serão inseridos gradualmente os materiais de interação com a sociedade civil e educadores do Brasil.

O programa, ao final de todo o processo de elaboração e produção do material, abrangerá revistas em meio físico e digital, além de vídeos, jogos e brincadeiras, com aplicativos para smartphones e tablets. Os conteúdos serão repassados por meio das historinhas e atividades com os personagens da Turma da Mônica, numa linguagem acessível e atrativa para as crianças vivenciarem situações nas quais precisam diferenciar o certo e o errado, em termos éticos. O programa dissemina valores relacionados à democracia, participação social, responsabilidade cidadã e respeito às diferenças.

Já no segundo semestre de 2019, a parceria permitirá que os temas relacionados alcancem aproximadamente 2,5 milhões de alunos do 2º ano do Ensino Fundamental nas escolas públicas brasileiras, por meio da distribuição da revista física inicial do programa "A gente se entende". O material reúne três histórias sobre leitura, compreensão do mundo, comunicação, libras, cidadania, entre outros temas.

Com a digitalização de todos os conteúdos, a expectativa é sensibilizar cerca de 15,3 milhões de alunos do primeiro ciclo do Ensino Fundamental nas escolas públicas e privadas. “Precisamos pensar o combate à corrupção de forma ampla e pelo viés da mudança de cultura. Nós atingimos 700 mil crianças nos últimos dez anos, mas chegou a hora de darmos um grande passo à frente por meio da digitalização do material e universalização do programa” ressaltou o ministro da CGU, Wagner Rosário.

A ideia é expandir o programa para cerca de 48 milhões de alunos e 200 mil escolas do ensino fundamental de todo Brasil.

Senar

A aplicação universalizada do Um Por Todos será possível após adaptação do material físico ao formato digital, interativo, com animações e games, que contemplam todo o conteúdo do caderno do estudante e do manual do professor. Tal iniciativa foi concretizada com apoio do Senar, que investiu cerca de R$ 1,5 milhão no projeto de ampliação do Programa.

Os produtos serão disponibilizados em modo offline (por meio de mídia adequada) para locais onde não haja acesso à internet ou em modo online a ser hospedado em plataforma digital integrada aos diferentes sistemas (IOS, Android e Windows Phone) e acessado por diversos canais via web (tablet, smartphones, lousa digital, etc.), para utilização por qualquer escola do Brasil, seja ela pública ou privada. Haverá ainda um curso de Educação a Distância (EAD) para o professor, visando capacitá-lo para a aplicação do programa.

MEC

A parceria firmada com o MEC também contempla a produção de cinco revistas especiais em quadrinhos (1º ao 5º ano) alinhadas às competências da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e à temática da ética e cidadania. Estas revistas serão produzidas também em formato digital, interativas, online e offline, e serão disponibilizadas para todas as escolas públicas e privadas do Brasil.

Para cada uma das revistas, será disponibilizado um guia do professor, contendo orientações pedagógicas sobre a utilização em sala de aula. Ainda no âmbito da parceria, haverá a produção de 30 tirinhas em quadrinhos, avulsas e inéditas, a serem disponibilizadas em plataforma digital, bem como a produção de dez páginas de histórias em quadrinhos avulsas e cinco filmes animados de 1 minuto para TV e web.

registrado em: , ,